quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Luz bruxuleante

Imagem relacionada
Imagem do Google
Era uma luz difusa e misteriosa, fazia longas sobras dos objetos nas paredes, minha mãe rezava o terço, eu e meus irmãos em volta da imagem de nossa senhora, respondíamos em sonoro coro. Meus olhos tontos de sono, cochilava com a chama bruxuleante do candieiro, a cadência das orações transformava tudo numa atmosfera incandescente, imensurável e mágica, a noite era longa como o tempo, naquele tempo...Qual foi o tempo..

sexta-feira, 31 de março de 2017

sábado, 25 de fevereiro de 2017

O mar

Praia de Camboinha- João Pessoa 
Quando vi o mar pela primera vez
tinha oito anos
Um assombro!
Onde começa o céu...
Onde termina o mar...


sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Belinha

Belinha. Foto de Artur.
Ela se foi
Suas patinhas de veludo
Deixaram um rastro de amor
Em meu coração
Seus  olhos de mel me acompanham por toda a casa, ainda sinto!
Há um mistério nesse amor
Continuamos no pó das estrelas
Minha bela, minha suave gatinha.


sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Instantes

Resultado de imagem para catrin welz-stein
Catrin Welz-Stein

O rugir do vento
O latido do cão ao longe...
A névoa que cai, apaga a paisagem e o pensamento.

Há um silêncio imóvel, inquietante mormaço.respiroção,instantes!

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

A alma das coisas

Dias e dias a lixar...
A mesa em estado dormente volta à vida, Seus veios na madeira são continuação das minhas veias... Nascemos entrelaçados no tempo e seguimos tal qual destino. Temos o mesmo dna.Somos um só vida e  pertencemos ao universo.